×

Tudo o que você precisa saber sobre o COVID-19 na Austrália

Tudo o que você precisa saber sobre o COVID-19 na Austrália

Como o COVID-19 é transmitido?

· Contato próximo com uma pessoa infectada ou nas 24 horas antes dela apresentar qualquer sintoma, que esteja tossindo ou espirrando;

· Pode ser transmitido se você tocar em objetos ou superfícies (como maçanetas ou mesas) contaminados por tosse ou espirro de uma pessoa infectada e depois tocar na sua boca ou rosto.

O governo australiano está sugerindo a todos os residentes que baixem o aplicativo COVIDSafe.

Quais são os sintomas do COVID-19?

Os sintomas do Corona vírus podem variar de doenças leves a pneumonia; são semelhantes a outros casos de gripes e resfriados e incluem:

  • Febre,
  • Sintomas Respiratórios,
  • Tosse,
  • Dor de garganta,
  • Falta de ar,
  • Outros sintomas: coriza, dor de cabeça, dores musculares ou articulares, náusea, diarreia, vômito, perda do olfato, alteração do paladar, perda de apetite e fadiga.

O que faço se eu apresentar esses sintomas?

Procure ajuda do seu médico para uma avaliação ou entre em contato com a linha direta de informações sobre o Corona vírus.

Você deve permanecer isolado em sua casa, ou onde estiver hospedado, até as autoridades de saúde pública confirmarem que é seguro retornar às suas atividades habituais.

O governo australiano está abrindo clínicas respiratórias em todo o país para avaliar clinicamente as pessoas com sintomas leves a moderados de COVID-19 (febre, tosse, falta de ar, dor de garganta e/ou cansaço).

Se estiver com dificuldades para respirar ou sofrer uma emergência médica, ligue para 1800 020 080.

Como posso diminuir a propagação do COVID-19?

Lave bem as mãos, utilize mascaras, cubra a boca ao espirrar/tossir e mantenha distância dos outros quando estiver doente é a melhor defesa.

· Não saia de casa para serviços não essenciais;

· Mantenha a distância social de pelo menos 1,5 metros;

· Se não estiver bem, evite o contato com outras pessoas (mantenha uma distância de mais de 1,5 metros das pessoas).

· Tenha consciência e responsabilidade social e fique em casa o máximo possível.

Viajando para a Austrália:

Todos os viajantes internacionais que chegarem à Austrália, independente da nacionalidade ou ponto de partida, deverão entrar em o auto isolamento por 14 dias em instalações designadas antes de poderem voltar para casa.

Todos serão testados ao entrarem na quarentena e antes de receberem permissão para saírem dela.

Cidadãos australianos e residentes permanentes não podem viajar para o exterior devido às restrições do COVID-19.

Se você quiser sair da Austrália, poderá solicitar uma isenção online para viajar se estiver em uma das seguintes categorias:

· Se sua viagem é parte da força-tarefa ao COVID-19;

· Se a viagem é essencial para a condução de negócios críticos e indústrias (incluindo indústrias de exportação e importação);

· Se está viajando para receber tratamento médico urgente que não está disponível na Austrália;

· Se viaja em assuntos pessoais urgentes e inevitáveis;

· Ou se são viagens por motivos passionais e humanitários; ou de interesse nacional.

Estudantes internacionais:

· Podem ficar se ainda tiverem emprego. Se não tiverem emprego, apoio familiar ou poupança, devem considerar outros planos.

· Estudantes estrangeiros que trabalham no setor de assistência a idosos e como enfermeiros podem trabalhar mais de 20 horas por semana.

· Estudantes podem acessar a aposentadoria (Super) se estiverem na Austrália há pelo menos 12 meses.

Em Victoria, estudantes internacionais receberão um auxílio de até AU$ 1.100 como parte de um pacote de apoio de emergência do governo do estado que ajudará dezenas de milhares de pessoas em todo o estado.

Turistas: devem retornar ao seu país de origem, principalmente aqueles sem apoio familiar.

Apoio à saúde mental:

O governo acrescentou 10 sessões de terapia psicológica subsidiadas pelo Medicare para pessoas afetadas pela pandemia do COVID-19. Elas precisam de uma revisão do clínico-geral (GP) para prosseguir com os cuidados de saúde mental de seu psicólogo, psiquiatra, GP ou outro profissional de saúde elegível.

O portal digital de saúde mental do governo (Head to Health) é a fonte de informações e orientações oficiais sobre como manter uma boa saúde mental durante a pandemia e no isolamento, como também apoiar crianças e entes queridos e, como acessar outros serviços e cuidados de saúde mental.

Whatsapp